REVISTA CASA D’ITALIA – Ano 03, nº25, 2022

Ano 03, nº25, 2022 – ISSN: 2764-0841

Editorial

“O passado não volta. Importantes são a continuidade e o perfeito conhecimento de sua história. A defesa do patrimônio cultural não pode ter fraturas.”  (BARDI, 1994, p. 76)


Essa frase icônica de Lina Bo Bardi transmite a essência da Revista Casa D’Italia de número 25, que traz memória, história, reconhecimento cultural e afeto. No passado, foram construídas histórias, desenhadas por gerações, mas qual delas nos é contada e qual delas nos é suprimida? As fraturas do nosso patrimônio e da nossa verdadeira história são muitas, mas é tempo de re-contar nossa história, reconhecer e dar continuidade à memória e identidade do verdadeiro “Eu brasileiro”. A ilustração da capa, assinada por Thallis Matheus, traz a pluralidade da nossa identidade traduzindo um pouco da nossa verdadeira essência.

Neste volume, trazemos aos leitores o contato com identidade e reconhecimento do nosso patrimônio cultural, através das autoras Daniele Ferreira, Aline Marques, Michaela Santiago e Bia Chicca. História e memória, por meio dos textos de Luiz Fernando Lopes, Márcio Arcuri e Dayana da Silva, e com Renata Rezende, Fabrício Abramov, Brenda Melo, Giovani Auditori e Luana Sofiati, terão contato com traços da moda, da arte e da comunicação. 

A Revista Casa D’Italia é uma realização da Duplo Estúdio de Criação, em parceria com a Casa D’Italia de Juiz de Fora. Esta iniciativa tem o apoio das empresas e associações Imo Experiência Turística, Curso de Língua e Cultura Italiana, Grupo de Dança Folclórica Italiana Tarantolato, Lectio Soluções Linguísticas e do Estúdio de Arte Ponto Três. Contamos ainda com o apoio de Mônica Maria Visentin Péres, Arlene Xavier Santos Costa, Karolina dos Santos, Louise Torga, Paulo Jose Monteiro de Barros, Vinícius Sartini, Ana Lewer, Thaiana Fernandes, Rafael Souza, Rafael Moreira e Paola Schaeffer, que, através da plataforma Apoia-se, nos incentivam mês a mês a continuar investindo na cultura e a trazer discussões a respeito da nossa sociedade.

 Dessa forma, convidamos todo mundo a acessar as muitas reflexões trazidas pelos textos neste volume de número 25, e desejamos uma boa leitura!