Vozes brasileiras para ouvir em italiano – Ana Carolina

Revista Casa D’Italia, Juiz de Fora, Ano 3, n. 21, 2022 – Luana Sofiati |  Vozes brasileiras para ouvir em italiano – Ana Carolina 


A segunda voz da nossa lista é Ana Carolina, artista que construiu uma carreira permeada de influências italianas. A parceria da cantora e compositora juiz-forana com a música italiana é marcada principalmente pelas versões em português e pelos duetos. A colaboração com diferentes artistas italianos é tão duradoura que seu nome quase sempre figura nas listas de composições brasileiras originadas de canções estrangeiras. 

O primeiro sucesso de Ana Carolina nessa parceria foi lançado em 2001. A canção Quem de nós dois, amplamente conhecida entre os brasileiros, é uma versão de La mia storia tra le dita, de 1994, do cantor e compositor Gianluca Grignani. Aliás, a primeira versão em português dessa música foi apresentada em 1996 por José Augusto, sob o título A minha história.

A cantora e compositora italiana Chiara Civello é uma das figuras mais importantes na trajetória de versões cantadas por Ana Carolina. Elas se conheceram em 2008 e, já no ano seguinte, trabalharam juntas em duas faixas com versões em italiano e português: Resta (mesmo nome nas duas línguas) e 10 minutos (Dimmi perché). Para além do trabalho, as duas também tiveram um relacionamento amoroso por um período. 

Em novembro de 2011, o álbum Ensaio de Cores trouxe a faixa Problemas, composta por Ana Carolina, Chiara Civello e Dudu Falcão. A canção integrou a trilha sonora da novela Fina Estampa e uma versão dela em italiano foi lançada por Civello no álbum Al posto del mondo, de 2012, com o título Problemi. A versão italiana chegou a vencer o Prêmio Multishow de melhor canção do ano.

A cantora mineira também fez dueto com Sal da Vinci, cantor napolitano, na canção Cose (Coisas), que fez parte do álbum È Cosi Que Gira Il Mondo, lançado pelo cantor em 2012. Juntos ou como solistas, cada um seguiu apresentando a música na própria língua. A canção em português entrou como faixa bônus no disco #AC ao vivo.

Em italiano, Ana Carolina fez uma participação especial no disco Canzoni, de Chiara Civello, lançado em 2014. Juntas, elas cantaram a faixa E penso a te, composta por Lucio Battisti. Participam do mesmo álbum outros dois cantores brasileiros: Gilberto Gil, na faixa Io che non vivo senza te, e Chico Buarque, em Io che amo solo te. 

Assim como suas composições originais, as versões interpretadas por Ana Carolina giram em torno das histórias de amor, dos desencontros e das lembranças de dias partilhados. As melodias dos duetos e canções que a cantora traduziu para o português são bem favoráveis para quem está aprendendo italiano e quer expandir o contato com a língua. 

Esse foi o segundo texto da nossa série sobre quatro vozes brasileiras. Na edição de maio, falaremos sobre a relação de Chico Buarque com a música italiana. Se você não leu o primeiro texto sobre Renato Russo, visite a edição de janeiro da revista.


Referências Bibliográficas:

WILLMERSDORF, PEDRO. Cantora Ana Carolina tem mais um italiano no time de parceiros musicais. Jornal do Brasil. 8 jun. 2012. Disponível em: https://www.jb.com.br/heloisa-tolipan/noticias/2012/06/08/amp/cantora-ana-carolina-tem-mais-um-italiano-no-time-de-parceiros-musicais.html Acesso em: 01 mar. 2022.

CHIARA CIVELLO: «L’amore fluido». Entrevista concedida a Lavinia Farnese. 16 maio 2014. Disponível em: https://www.vanityfair.it/people/italia/14/05/16/chiara-civello-canzoni-disco-intervista-ana-carolina-foto?refresh_ce=. Acesso em: 01 mar. 2022.


Luana Sofiati

É formada em Letras Português/Italiano pela UFJF e mestre em Letras pela mesma instituição. Entre 2016 e 2018, atuou como professora bolsista no Projeto de Universalização de Línguas Estrangeiras na UFJF. Enquanto professora de língua italiana, incentiva seus alunos a criarem um percurso de aprendizagem permeado pela cultura. Para ajudá-los, está sempre ampliando meu repertório de músicas, filmes, séries e outros produtos culturais.