Monte Verde – MG: Romantismo em meio às montanhas

Revista Casa D’Italia, Juiz de Fora, Ano 3, n. 19, 2022 – IMO Experiência Turística | Monte Verde – MG: Romantismo em meio às montanhas


A variedade de destinos turísticos em Minas Gerais faz com que esse estado seja considerado um dos mais democráticos entre os viajantes, possuindo atrações para os mais diversos gostos. Sua beleza natural, riqueza cultural e histórica e a típica gastronomia mineira despertam o desejo tanto dos turistas nacionais, quanto internacionais. Mas talvez o que nem todo mundo saiba é que é possível encontrar uma vila interiorana, com ar europeu e temperaturas que podem chegar, no inverno, abaixo de zero no estado: estamos falando de Monte Verde. 

As noites aquecidas por lareiras em alguns dos charmosos chalés, banhos de hidromassagem, jantares à luz de velas, vinhos e chocolates fazem com que esse destino seja carinhosamente apelidado de “Vila do Amor”.

Sempre presente nas listas de melhores destinos nacionais para se visitar no inverno, sua atmosfera de romance, a estrutura e a receptividade, aliada às belezas naturais exuberantes encantam seus visitantes e garantem ao distrito o título de “segundo destino mais acolhedor do Brasil” pela Traveller Review Awards de 2020. Premiação anual feita pela Booking.com, que se baseia na avaliação dos próprios visitantes ao longo de todo o ano. Monte Verde ocupa honrosa e merecidamente o TOP 3 ao lado de dois destinos célebres: Penedo – RJ e Fernando de Noronha – PE.

“Acolhedor” e “romântico” são dois adjetivos que acompanham a história do distrito de Monte Verde desde a sua fundação, quando Verner Grinberg, um imigrante da Letônia, ao se casar com sua esposa, Emília Leismeir, na busca de um local ameno e tranquilo para se estabelecerem, se encantaram pela região. O desejo desse imigrante em construir um lugar onde ele, sua esposa e familiares pudessem viver tranquila e harmoniosamente, deu origem a uma vila que atraiu também amigos e outros imigrantes de diversas nacionalidades, igualmente encantados pelo local. Logo a prosperidade, a beleza e o clima, chamaram atenção de turistas que eram muito bem recebidos nas casas dos próprios moradores.

O interesse dos visitantes também não é para menos: localizado na Serra da Mantiqueira, Monte Verde faz parte do município de Camanducaia, a aproximadamente 483 Km da capital mineira, Belo Horizonte e 161 Km da capital paulista. Seus mais de 1.550 metros de altitude garantem clima ameno no verão e grande procura no inverno, quando as temperaturas diminuem, propiciando aquele clima frio de montanha, perfeito para uma fondue – prato bem popular por lá, inclusive.

O distrito é pequeno e possibilita que os visitantes possam circular pelo seu centro a pé. A Avenida Monte Verde, conhecida como avenida  principal, reúne tudo que o visitante pode precisar por lá: agências de turismo receptivo, oferta de lazer e passeios, lojas, restaurantes, comércios e hospedagem; tudo envolto por uma paisagem de área verde bem preservada e montanhesca. 

Para além de tudo isso, Monte Verde ainda apresenta o melhor dos dois (três, quatro…?!) mundos no que diz respeito à gastronomia, já que, tipicamente mineira, possui restaurantes que oferecem o que há de melhor nessa culinária. Assim como, devido à imigração presente em sua fundação, oferece também pratos da gastronomia italiana e alemã, por exemplo. Desde as comfort foods (aquelas que dão um quentinho no coração e no estômago, sabe?!) até os pratos mais requintados, como cortes de carnes nobres, cervejas artesanais e vinhos, o visitante não passa vontade.

As características que encantaram seus fundadores e os transportaram para uma eterna lua de mel continuam presentes, impressionando os casais e transformando Monte Verde na queridinha dos apaixonados. Mas não se preocupe, esse destino também atende bem outros nichos de viajantes. 

Cavalgada, patinação no gelo, trilhas de variados graus de dificuldade no Parque Verner Grinberg, passeios de quadriciclo, city tour de trenzinho e as galerias, que vendem artesanatos, compostas, quitutes, artigos de decoração, chocolates, produtos artesanais, dentre outros, são algumas sugestões de atividades.

A Fazenda Radical, também bastante popular, oferece opções de aventura como tirolesa, circuito de arvorismo, parede de escalada, arco e flecha, passeio de quadriciclo e de UTV Off Road.

Outros atrativos recomendados são a Escola de Falcoaria; o Tour da Fritz Cerveja Artesanal, guiado pelo mestre cervejeiro que explica tudo sobre o processo de produção e presenteia o visitante com uma cerveja de brinde ao final do passeio; a Trilha Pinheiro Velho  – um dos principais atrativos de Monte Verde e que leva o visitante à um pinheiro de mais de 500 anos, o mais antigo do distrito –  e a Gressoney Chocolates, a fábrica de chocolates mais antiga de Monte Verde.

Os eventos também marcam o calendário desse destino e são distribuídos ao longo de todo o ano: de junho à agosto é realizado o “Inverno nas Montanhas”, que conta com apresentações culturais e espetáculos gratuitos. Em junho realiza-se o “Amor nas Montanhas”, que faz jus à fama do distrito e o prepara para a celebração do amor com decorações, espaços instagramáveis e o incentivo para pedidos simbólicos de casamento na espera do tão aguardado “sim”. o “Gastronomia nas Montanhas” que conta com workshops, chefs renomados e a preparação dos estabelecimentos para o evento; e todo final de ano, de novembro a janeiro, celebra-se o evento de natal, que toma conta de Monte Verde e possui programação específica.  

Monte Verde é um destino completo, de fácil acesso e que merece a visita, nem que seja em “uma fuga de final de semana”. 


Referências bibliográficas:

https://casavogue.globo.com/LazerCultura/Viagem/noticia/2019/06/22-destinos-para-viajar-no-inverno-no-brasil.html

https://escoladefalcoaria.com.br/categoria/informacoes/

https://fazendaradical.com.br/atividades/

https://fritzcervejariaartesanal.com.br/fritz-tour/

http://guiamonteverde.com.br/acesso/

https://monteverde.oguiaturistico.net/parque-ecologico-verner-grimberg

https://www.monteverde.com.br/

https://www.monteverde.com.br/historia-de-monte-verde

http://monteverde.org.br

https://news.booking.com/pt-br/bookingcom-revela-as-regioes-mais-acolhedoras-do-brasil/

https://www.obomdeviajar.com.br/2018/06/21/13-destinos-espetaculares-para-aproveitar-o-inverno-no-brasil/

https://viagemeturismo.abril.com.br/cidades/monte-verde/

http://vidasemparedes.com.br/monte-verde-mg-o-que-fazer



Marina Paiva

É paulista de nascimento e juiz-forana de coração. Graduada em Ciências Humanas e turismóloga em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, faz parte da Imo Experiência Turística pesquisando e escrevendo sobre destinos incríveis.


Imo Experiência Turística

Criada por duas mulheres, Paola Frizero e Karine Verdugo, turismólogas, a Imo Experiência Turística é uma empresa com foco em roteiros personalizados desde 2020. Valorizamos a experiência de nossos clientes, por isso, fazemos de tudo para que o seu momento de viagem seja inesquecível.