Exposição virtual ESPELHO, ESPELHO MEU! UM MOMENTO DE REFLEXÃO

Os reflexos sempre me causaram um certo fascínio, um certo mistério. Os espelhos e reflexos brincam com a nossa impressão, com a nossa imaginação, oferecendo-nos um novo ponto de vista, uma outra realidade.

Imagens refletidas, espelhadas, cópias perfeitas ou modificadas, através da água, das luzes, das cores, formando imagens virtuais. E essas imagens até mesmo se confundem no espaço, entre aquilo que é real e o que é reflexo, os limites entre eles são difusos.

Me  fascina essa relação entre  água, luz, cor e movimento.

O reflexo dos objetos nos vidros e espelhos, da luz na água e nos objetos, e os movimentos como se quisessem dar  “vida” e beleza a essa nova imagem. O  meu registro limita-se à arte, a brincar com a duplicidade das imagens. A minha proposta seja talvez de prestar uma homenagem  à luz, responsável pelas cores e principalmente pelos reflexos.


1. REFLEXOS PRESOS NO PASSADO (Veneza – Itália)

2. SOL E BRILHOS VIRTUAIS (Punta dell’Este –  Uruguai)

3. INVERTENDO O QUE É REAL (Noyers-sur-Serein – França)

4. FIRENZE REFLETINDO ARTE (Firenze – Itália)

5. QUANDO A HISTÓRIA SE REFLETE (Tiradentes – Brasil)

6. UM MUNDO REPLETO DE ESPELHOS (Montevideo – Uruguai)

7. CRIANDO UM EFEITO SURREAL (sul da Itália)

8. REFLEXOS DO NATAL (Montevideo – Uruguai)

9. UM MERGULHO NO VIRTUAL (Minas Gerais – Brasil)

10. REFLEXOS EM MOVIMENTO (Barcelona – Espanha)

11. QUANDO O REAL E O VIRTUAL SE CONFUNDEM (Barcelona – Espanha)

12. Entre o real e o imaginário (Veneza – It´´ália)

13. Criando ilusões (Veneza – Itália)

14. Um jogo de reflexos (Barcelona – Espanha)

15. Formando uma imagem perfeita (Roma- Itália)

16. Um reflexo perfeito (Madri – Espanha)

17. Criando ilusões  (Paris – França)

18. Meros reflexos  (Genebra – Suíça)

19. Espelhando Paris (França – Paris)


Mariza Fernandes

Possui Licenciatura em letras pela UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora). Professora e diretora de cursos na Cultura Italiana desde 1987. Presidente e dançarina do Grupo de Dança Folclórica Italiana Tarantolato desde a sua fundação em 2000.

%d blogueiros gostam disto: