Sobre

A Casa D’Italia Juiz de Fora, foi inaugurada no ano de 1939 com o intuito principal de auxiliar e unir a colônia italiana da cidade. Sob a responsabilidade da Companhia Industrial e Construtora Pantaleone Arcuri, sua construção foi erguida com um projeto em estilo littorio, o estilo formulado pelo fascismo italiano e que tinha como principal representante o arquiteto Marcelo Piacentini. Naquela época, as suas funções eram principalmente de instrução, escola, biblioteca, hospital, beneficência, lazer e esporte. Para abrigar todas as atividades, o prédio contava com dois andares e um subsolo, sendo projetados pelo filho de Pantaleone Arcuri, o arquiteto Raphael Arcuri, a partir da colaboração financeira de membros da colônia italiana da cidade.

Nos dias de hoje, após oito décadas de funcionamento, a Casa D’Italia Juiz de Fora permanece com seu propósito inicial. Auxiliando as famílias dos imigrantes, a agência consular, representando o consulado da Itália em Minas Gerais, permanece na sede da instituição, dando instruções sobre aquisição de cidadania e passaporte italiano.

Além disso, ampliaram-se todas as suas atividades culturais. Possui também a Capela de San Francesco di Paola e é sede de associações parceiras na divulgação da cultura italiana em Juiz de Fora, como o Grupo de Dança Folclórica Italiana Tarantolato e o Curso de Língua e Cultura Italiana e o time Bocha Casa D’Italia Juiz de Fora, que representa a instituição em campeonatos por todo o Brasil. O espaço também funciona como um centro de cultura, abrigando diversas atividades como: coral, orquestra de cordas, aulas de música, escola de pizzaiolo, grupo de bordadeiras, atelier de artes, cancha de bocha, estúdio de design, centro de estética, aulas de artes marciais e Yoga. Além de contarmos com auditório onde são realizadas eventos típicos, palestras, festas e demais atividades promovendo a cultura italiana.

Gerenciando todas estas atividades, a Casa D’Italia Juiz de Fora através de sua mantenedora, a Associação Ítalo Brasileira San Francesco di Paola, representada pelo seu presidente, Paulo José Monteiro de Barros, possui o departamento de cultura, responsável por toda a programação cultural da instituição, englobando a promoção de eventos gastronômicos, palestras, oficinas, exposições, eventos culturais e campanhas sociais. Além disso, o departamento de cultura também é responsável por toda a assessoria de comunicação da instituição. Além das atividades próprias, a instituição também promove diversos eventos realizados em parceria com o Consulado da Itália em Belo Horizonte.


%d blogueiros gostam disto: